Sinésio Talhari

Área de identificação

tipo de entidade

Pessoa

Forma autorizada do nome

Sinésio Talhari

Forma(s) paralela(s) de nome

Formas normalizadas do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) de nome

identificadores para entidades coletivas

área de descrição

Datas de existência

1946-

Histórico

Nasceu em 15 de novembro de 1946, em Mendonça (SP). Foi para o Rio de Janeiro para estudar Medicina e em 1966 ingressou na UFF, em Niterói. Seu interesse pela Dermatologia veio a partir das aulas do professor Rubem David Azulay. Fez residência e mestrado em Dermatologia, em 1971, mas antes de terminar seu curso foi para o Instituto de Medicina Tropical, em Lisboa, Portugal, por intermédio do professor Antar Padilha Gonçalves, com bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian. Ao retornar da Europa defendeu a dissertação Hiperceratose e epidermolítica, em 1973, e foi para o Instituto de Medicina Tropical, no Amazonas, em 1974. Nesse mesmo ano foi nomeado diretor clínico do Leprosário Antônio Aleixo, que se encontrava em estado de abandono, e lá executou a recomendação do Ministério da Saúde para a desospitalização da hanseníase, de acordo com a Portaria n. 165, de maio de 1976. Pouco depois foi trabalhar no Dispensário Alfredo da Matta com o intuito de transformá-lo em Centro de Dermatologia Tropical e Venereologia. Foi professor titular da disciplina de Dermatologia no Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Amazonas, desde 1977. Durante algumas viagens pelo interior do Amazonas, observou pela primeira vez uma doença dermatológica chamada ‘pint’a que acabou sendo o tema de sua Tese de Doutorado em Dermatologia na Escola Paulista de Medicina (Unifesp), defendida em 1998, intitulada Pinta (carete) – aspectos epidemiológicos, clínicos e laboratoriais, no Estado do Amazonas. Escreveu obras de referência tais como Hanseníase, de 1984; Dermatologia tropical, de 1995, e Doenças sexualmente transmissíveis – manifestações cutâneas associadas à AIDS, em 2002, além de inúmeros textos publicados em revistas científicas. É dermatologista brasileiro internacionalmente conhecido na área de Dermatologia Tropical, tendo sido presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) na gestão 2005-2006. Juntamente com o professor René Garrido Neves instituiu o curso de Dermatopatologia Tropical, subsidiado pela SBD, e que por ser itinerante vem treinando centenas de profissionais de saúde nos últimos 20 anos. Até 1988, foi coordenador do Programa de Dermatologia Sanitária do Estado do Amazonas. Dirigiu o Instituto de Medicina Tropical, onde implementou um Núcleo de Dermatologia em Doenças Tropicais/DST/Aids e criou o curso de Pós-graduação stricto sensu em Doenças Tropicais. Atualmente, aposentado da UFMA, é professor de dermatologia da Universidade Nilton Lins e médico dermatologista da Fundação Alfredo da Matta.

Locais

Estado Legal

Funções, ocupações e atividades

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

Contexto geral

Área de relacionamento

Área de ponto de acesso

Ponto de acesso - assunto

Ponto de acesso - local

Ocupações

Área de controle da descrição

Identificador de autoridade arquivística de documentos

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

ISAAR(CPF): norma internacional de registro de autoridade arquivística para entidades coletivas, pessoas e famílias.

Status da descrição

nível de detalhamento

Datas das descrições (criação, revisão e remoção)

Idioma(s)

Escrita(s)

Fontes utilizadas na descrição

Notas de manutenção