Visualização de impressão Fechar

Mostrando 84 resultados

descrição arquivística
Rio de Janeiro
Visualização de impressão Ver:

3 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Serviço Nacional de Febre Amarela

  • BR RJCOC FA
  • Coleção
  • 1940-1953

Reúne manuais e relatórios referentes às atividades de combate e controle da febre amarela no Brasil.

Serviço Nacional de Febre Amarela

Gráficos

Reúne imagens referentes à gráficos, diagramas, esquemas, modelos, organogramas, quadros e outras demonstrações gráficas acerca dos trabalhos sobre febre amarela no território brasileiro e no exterior.

Programa Ibero-Americano de Apoio à Pesquisa e Tecnologia

CYTED, Programa Ibero-americano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento - órgão ibero-americano de apoio à pesquisa e tecnologia da Espanha. Dossiê constituído por certificados, apontamentos e notícia.

Membro Fundador do Colégio Brasileiro de Hematologia

Cartas, XIII Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, I Congresso Brasileiro de Hemostasia e Trombose, Congresso Brasileiro Hematologia Estatuto, I Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia certificados, II Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, Carta Circular, III Congresso do Colégio Brasileiro de Hematologia, programa de evento, noticiário, carta circular, plano de trabalho, IV Congresso do Colégio Brasileiro de Hematologia, Jornadas de Hematologia, III Congresso do Colégio Brasileiro de Hematologia, VII Congresso Brasileiro do Colégio Brasileiro de Hematologia, VIII Congresso do Colégio Brasileiro de Hematologia, V Congresso Brasileiro de Hematologia, informativos, IX Congresso do Colégio Brasileiro de Hematologia, X Congresso Brasileiro de Hematologia, calendário, XI Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, XII Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, recibos, livros de atas, portaria, propostas para administração de sócio, XIII Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, currículos, atas de reunião, informativos, XIV Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, XV Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, publicação, convites, discursos, listas, normas, telegramas.
Jornal do Brasil e O Globo.

Cartas

Reúne cartas convite, de agradecimento, confirmação entre outros assuntos referentes à participação do titular em eventos científicos.

Depoimentos orais do projeto Memória da saúde pública no Brasil

Reúne 14 depoimentos orais. Este projeto teve por objetivo analisar historicamente o desenvolvimento institucional da saúde pública no Brasil. Por meio da coleta de entrevistas procurou-se recuperar as trajetórias individuais de médicos sanitaristas que se destacaram enquanto atores na história da saúde pública brasileira e contribuíram na definição de políticas públicas para o setor saúde no período compreendido entre os anos de 1930 e 1980. A investigação originou também um instrumento de pesquisa intitulado Cronologia de atores, instituições e políticas de saúde.

Jaime Araújo Oliveira

Sumário:
Fita 1 - Lado A
Sobre a criação do PESES (Programa de Estudos Socioeconômicos em Saúde); o perfil do sanitarista tradicional em oposição ao novo sanitarista; os projetos desenvolvidos pelos PESES e referência ao PEPE; a crise da Associação Médica Previdenciária na década de 1960 e a consequente incorporação das Ciências Sociais na formação do novo sanitarista; referência à sua entrada no PESES, através de concurso; sobre cursos de especialização oferecidos pela ENSP, com ênfase em Medicina Social; referência a instituições no país que promovem cursos de especialização na área de Medicina Social; sobre personalidades que se destacaram na Medicina Social com alusão a Sônia Fleury; a carência de técnicos que reformulem o sistema de saúde e previdência social.

Fita 1 - Lado B
A criação de cursos de especialização de administração em saúde pública, com referência a Fundação Getúlio Vargas; sobre a “Reunião de Alma ata”, realizada pela OMS, em 1982, e as propostas da Organização para os sistemas de saúde; alusão à OPS, órgão da OMS para a América Latina; a influência das propostas internacionais para a reforma do sistema de saúde na América Latina; referência aos conflitos que norteiam a política de saúde no Brasil; sua participação em encontro promovido pela OPS para discutir a organização dos sistemas de saúde na América Latina; referência a Ernani Braga, ex-diretor da ENSP; sobre os cursos da OMS levados aos diversos estados, as resistências encontradas e clientela; as resistências da esquerda às propostas do sistema de saúde do país; a VIII Conferência Nacional de Saúde e a posição tomada pela esquerda; sobre a existência de movimentos de reforma em outros setores além da saúde.

Fita 2 - Lado A
Sobre a importância da VIII Conferência Nacional de Saúde, seus resultados e os setores sociais que dela participaram; a crise financeira da Previdência Social, em 1981; a criação do CONASP, em 1982, e o plano de Ações Integradas de Saúde; referência a Aloísio Sales, seu papel na direção do CONASP (Conselho Consultivo de Administração de Saúde Previdenciária) e a extinção do órgão; o CONASP e suas propostas para a crise da Previdência Social; a VIII Conferência Nacional de Saúde e a tentativa de implementação das Ações Integradas de Saúde; referência à relação de Sérgio Arouca com o 'Partido Sanitário'; breve comentário sobre o status do Ministério da Saúde frente aos demais.

Fita 2 - Lado B
O papel da VIII Conferência Nacional de Saúde no fortalecimento da proposta do Sistema Único de Saúde; sobre a 'Reforma Sanitária Italiana'; referência à criação da Comissão Nacional de Reforma Sanitária; comentário sobre a dificuldade de viabilizar a reforma sanitária no país; comparação entre o Brasil e a Itália no que se refere a reforma sanitária; sobre a entidade 'Grupo Internacional de Economia Política da Saúde' com destaque para a participação brasileira; comentário sobre a incapacidade dos partidos políticos brasileiros refletirem sobre a reforma sanitária; o projeto de reforma sanitária que se desenvolvia na década de 1980; as discussões, na América Latina, em torno da saúde, com referência à OPS (Organização Pan-Americana da Saúde) e algumas personalidades que se destacaram; alusão às Ações Integradas de Saúde e a participação da sociedade civil; sobre a política de saúde dos anos 1980 e as tendências estatizantes e privatizantes.

Fita 3 - Lado A
Sobre a atual política de saúde; a compra de tecnologia para a área da saúde e a questão da administração hospitalar; a prevalência de pesquisas operacionais na área da saúde nos anos 1980.

Resultados 1 a 30 de 84