Visualização de impressão Fechar

Mostrando 41 resultados

descrição arquivística
Instituto Oswaldo Cruz Brasília (DF)
Visualização de impressão Ver:

Revistas e recortes de jornais referentes ao “Massacre de Manguinhos”: situação do IOC na época; cassação dos direitos políticos e aposentadoria compulsória dos dez pesquisadores pelos AI-5 e AI-10

Anexos: perspectivas de reestruturação da instituição após a anistia: retorno dos cassados; lançamento do livro-depoimento de Herman Lent intitulado “O massacre de Manguinhos”.

Os dez cientistas do Instituto Oswaldo Cruz

Haity Mousstché, Herman Lent, Moacyr Vaz de Andrade, Augusto Cid Mello Perissé, Hugo de Souza Lopes, Sebastião José de Oliveira, Fernando Braga Ubatuba, Tito Arcoverde Cavalcanti de Albuquerque, Massao Goto e Domingos Arthur Machado Filho - Cassados e aposentados pelo regime militar em 1970: relatório de cassação; cartas ao jornalista Carlos Castello Branco do Jornal do Brasil e ao Congresso Nacional; carta de Agostinho da Silva, denominada “Santiago”, referente a sua estada nos laboratórios de Entomologia e Helmintologia do IOC, como também prestando solidariedade aos cassados; discurso do deputado federal Francisco Pinto, do Partido do Movimento Democrático da Bahia, sobre o governo do presidente Emílio Garrastazu Médici e a aplicação dos atos institucionais 5 e 10; folder com dados biográficos dos cientistas e convite para a cerimônia de reintegração dos mesmos a Manguinhos.

Legislação sobre lepra.

Incluindo o Decreto 60.252, que institui a Campanha Nacional de Saúde Mental pelo Ministério da Saúde; Decreto 66.623/1970, que organiza o Ministério da Saúde; cópia da Portaria 225/1970, que aprova o regimento para a Divisão Nacional de Lepra; versão preliminar do regimento do Instituto de Leprologia; subsídios da Divisão Nacional de Lepra para a política nacional contra a hanseníase, substituição da legislação sobre essa doença e reformulação do programa daquela Divisão; Diário do Congresso Nacional.

Resultados 1 a 30 de 41