Fundo HU - Hugo Laemmert

Área de identificação

Código de referência

BR RJCOC HU

Título

Hugo Laemmert

Data(s)

  • 1932-1963 (Produção)

nível de descrição

Fundo

Dimensão e suporte

Documentos textuais: 0,28 m
Documentos iconográficos: 57 itens (34 fotografias, 9 tiras de negativos flexíveis com 18 fotogramas e 5 fotogramas de negativos flexíveis)
Documentos tridimensionais: 1 item (medalha)

Área de contextualização

Nome do produtor

(1909-1962)

Biografia

Nasceu em 23 de janeiro de 1909, no Rio de Janeiro, filho de Hugo Widman Laemmert e Alice Cabral Laemmert. Em 1932 graduou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, onde exerceu o posto de assistente até 1935. Ainda como estudante de medicina atuou na Inspetoria dos Serviços de Profilaxia, do Departamento Nacional de Saúde Pública (1929-1930). Entre 1933 e 1934 frequentou o Curso de Aplicação do Instituto Oswaldo Cruz (IOC). Suas atividades como pesquisador especializado em estudos sobre o comportamento do vírus amarílico na mata, seus vetores e depositários foram desenvolvidas no Serviço de Febre Amarela (1935-1939), mantido cooperativamente pela Fundação Rockefeller e o governo brasileiro, no Serviço de Estudos e Pesquisas sobre a Febre Amarela (1940-1949), administrado pelo Ministério da Educação e Saúde, e no IOC (1950-1962). No instituto desempenhou também as funções de chefe de laboratório e de professor do Curso de Bacteriologia, Parasitologia e Imunologia. Em 1962 foi agraciado com a Ordem do Mérito Médico, no grau de oficial. Morreu em 25 de setembro de 1962, no Rio de Janeiro.

História arquivística

Os documentos estavam na residência da família do titular.

Procedência

Doação de Regina Liberalli Laemmert, viúva do titular, em 2000.

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Reúne cartas, certificados, diplomas, recortes de jornais, artigos científicos, publicações e ensaios, entre outros documentos referentes à trajetória profissional do titular como pesquisador de instituições científicas nacionais e internacionais.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Grupo Formação e Administração da Carreira
Grupo Docência e Pesquisa

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Sem restrição.

Condições de reprodução

Sem restrição.

Idioma do material

  • espanhol
  • inglês
  • português

Forma de escrita do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Notação anterior

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Ponto de acesso - local

Ponto de acesso - nome

Pontos de acesso de género

Área de controle da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. NOBRADE: norma brasileira de descrição arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2006.

Status da descrição

Final

nível de detalhamento

Integral

Datas de criação, revisão, eliminação

Fontes utilizadas na descrição

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Entidades coletivas, pessoas ou famílias relacionadas

Géneros relacionados

Lugares relacionados