Fundo AV - Aleixo de Vasconcellos

Área de identificação

Código de referência

BR RJCOC AV

Título

Aleixo de Vasconcellos

Data(s)

  • 1905-1966 (Produção)

Nível de descrição

Fundo

Dimensão e suporte

Documentos textuais: 0,28 m
Documentos iconográficos: 62 itens (fotografias)

Área de contextualização

Nome do produtor

(1884-1961)

Biografia

Nasceu em 5 de setembro de 1884, no Rio de Janeiro, filho de Aureliano Nóbrega de Vasconcellos e Francisca Ramos de Vasconcellos. Ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro no ano de 1901, concluindo o curso em 1908, com a apresentação da tese de doutoramento "Contribuição ao estudo bacteriológico do grupo coli-typhico". Em 1911 trabalhou como bacteriologista no Serviço de Veterinária do Ministério da Agricultura, Indústria e Comércio. Em 1915 foi ajudante da Seção Técnica do Serviço de Indústria Pastoril, e entre os anos de 1921 e 1933 exerceu a função de chefe da Seção de Leite e Derivados, subordinada ao Ministério da Agricultura. Nesse período foi representante do Brasil em eventos científicos no exterior, como o Congresso Internacional de Febre Aftosa, em Buenos Aires, em 1920, e o Congresso Internacional de Leite e Laticínios e o Congresso Internacional sobre Nutrição, realizados nos Estados Unidos em 1923 e 1925, respectivamente. Iniciou sua carreira docente em 1913 ao assumir a cadeira de microbiologia da Faculdade Hahnemanniana, no Rio de Janeiro, a convite de seu diretor, Licínio Cardoso. Anos mais tarde, lecionou microbiologia tanto na Faculdade de Medicina como na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado da Guanabara, onde foi professor catedrático. Dedicou-se também à farmacologia, atividade refletida na criação do Laboratório ALVAS, dedicado a análises químicas e bacteriológicas. Foi membro de entidades e associações de classe, como a Sociedade de Medicina do Rio de Janeiro, a Sociedade Nacional de Agricultura, a Liga Brasileira contra a Tuberculose e a Academia Nacional de Medicina, onde ocupou, em 1935, a cadeira que pertencera a Carlos Chagas. Morreu em 6 de novembro de 1961, no Rio de Janeiro.

História arquivística

Procedência

Doação de Maria Tereza Carvalho em 2004.

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Reúne cartas, convites, diplomas, certificados, nomeações, discursos, artigos científicos, registros de laboratório e de rótulos de medicamentos, fotografias, periódicos, recortes de jornais e folhetos, entre outros documentos referentes à vida pessoal e à trajetória profissional do titular como médico, pesquisador e professor na área de microbiologia.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Série Documentos Pessoais
Série Produção Intelectual
Série Correspondência
Série Documentos Impressos
Série Fotografias
Série Documentos Complementares

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Sem restrição

Condiçoes de reprodução

Sem restrição

Idioma do material

  • espanhol
  • inglês
  • português

Forma de escrita do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. Casa de Oswaldo Cruz. Departamento de Arquivo e Documentação. Fundo Aleixo de Vasconcellos: inventário analítico. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2005.

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Notação anterior

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Ponto de acesso - local

Ponto de acesso - nome

Pontos de acesso de género

Área de controle da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status da descrição

Nível de detalhamento

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

Fontes utilizadas na descrição

Nota do arquivista

Revisão da descrição documental: Renata Silva Borges
No período entre os anos de 2016-2017

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Entidades coletivas, pessoas ou famílias relacionadas

Géneros relacionados

Lugares relacionados