Posto Avançado de Pesquisa Emmanuel Dias

Área de identificação

Tipo de entidade

Entidade coletiva

Forma autorizada do nome

Posto Avançado de Pesquisa Emmanuel Dias

Forma(s) paralela(s) de nome

Formas normalizadas do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) do nome

identificadores para entidades coletivas

Área de descrição

Datas de existência

1943-

História

As origens do Posto Avançado de Pesquisa Emmanuel Dias (PAPED) remontam ao ano de 1943, quando foi instalado, em Bambuí (MG), o Centro de Estudos e Profilaxia da Moléstia de Chagas (CEPMC), por determinação de Henrique Aragão, diretor do Instituto Oswaldo Cruz. Vinculado inicialmente à Divisão de Estudos de Endemias do Instituto, o Centro foi organizado e dirigido por Emmanuel Dias até a sua morte, em 1962. Seu objetivo básico era o estudo da doença de Chagas sob o ponto de vista da profilaxia. Posteriormente o Centro viria a desenvolver pesquisas sobre os demais aspectos da doença, especialmente a clínica, epidemiologia e terapêutica. No início da década de 1950, com a criação do Ministério da Saúde, o CEPMC, como posto avançado do IOC, integrou-se às suas diretrizes e, juntamente com o Departamento Nacional de Endemias Rurais e a Comissão do Vale do São Francisco, participou da campanha contra a doença de Chagas no município de Bambuí, considerada de pleno êxito. A partir da década de 1960, a atuação do CEPMC foi marcada pelo ínicio dos estudos na área da ecologia e biologia dos vetores - barbeiros - e pelos primeiros ensaios que introduziram os inseticidas piretróides no controle dos mesmos, recurso até hoje utilizado. Em meados da década de 1970 o CEPMC passou a vincular-se ao Centro de Pesquisas René Rachou, após a integração deste à estrutura da recém-criada Fiocruz, tornando-se seu posto avançado. Em 1980 recebeu a sua atual denominação.

Locais

Bambuí (MG)

Status legal

Funções, ocupações e atividades

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

Contexto geral

Área de relacionamento

Área de controle da descrição

Identificador do registro de autoridade

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status da descrição

Nível de detalhamento

Datas das descrições (criação, revisão e remoção)

Idioma(s)

Escrita(s)

Fontes utilizadas na descrição

Notas de manutenção