Série JS - Justus Schottelius

Área de identificação

Código de referência

BR RJCOC DA-JS

Título

Justus Schottelius

Data(s)

  • 2015 (Produção)
  • 1976-1977 (Produção)

nível de descrição

Série

Dimensão e suporte

Documentos iconográficos: 1 item (álbum com 50 fotografias, 9 imagens impressas e 3 cartões-postais)

Área de contextualização

Nome do produtor

Biografia

História arquivística

Em 2015, o pesquisador Justus Schottelius, participante da cooperação técnica entre o Instituto Bernhard Nocht e o Instituto Oswaldo Cruz, decidiu produzir uma nova versão do relatório dessa atividade, originalmente entregue à instituição brasileira em 1977. Esse documento foi encaminhado em 2017 à Casa de Oswaldo Cruz, através de Bodo Wanke, pesquisador do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas. A doação formalizada através de carta enviada à presidência da Fiocuz, em janeiro de 2018.

Procedência

Doação de Justus Schottelius em 24 de janeiro de 2018.

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

O documento refere-se ao convênio de cooperação técnica firmado entre a República Federal da Alemanha e o Brasil, por meio do Instituto de Medicina Tropical Bernhard Nocht e do Instituto Oswaldo Cruz, visando a instalação de um centro de microscopia eletrônica na instituição brasileira, bem como a capacitação dos pesquisadores e técnicos na área.
O acordo foi firmado pelo presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Vinicius da Fonseca, e pelo diretor do Instituto Bernhard Nocht, Hans-Harald Schumacher, em 21 de março de 1976, com início em outubro das obras para abrigar a estrutura do centro. Em 18 de fevereiro de 1977, foi ratificado o contrato no âmbito do Convênio de Cooperação Técnico-Científica entre os dois países. Em meados do mesmo ano foram realizados os primeiros testes do equipamento, dando início aos treinamentos e trabalhos de pesquisas da equipe brasileira. A inauguração oficial foi realizada em 2 de dezembro com a presença do presidente Ernesto Geisel, o ministro da Saúde, Paulo de Almeida Machado, o presidente da Fiocruz, Vinicius da Fonseca, do embaixador da República Federal da Alemanha, Jörg Kastl, e do chefe da Missão Científica Alemã, Heinz Mühlpfordt.
Além das fotografias que documentam o processo de transporte e montagem dos equipamentos, treinamento da equipe e inauguração oficial do centro de microscopia, foi anexado ao álbum o artigo “Cooperação técnico-científica entre o Brasil e a República Federal da Alemanha”, de autoria de Guilardo Martins Alves, presidente da Fiocruz, publicado em Cadernos Germano-Brasileiros, n. 3, 1983.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condições de reprodução

Idioma do material

  • alemão
  • português

Forma de escrita do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Cópia do relatório original foi entregue à Sociedade Alemã para Cooperação Técnica.

Unidades de descrição relacionadas

Área de notas

Notação anterior

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Ponto de acesso - local

Pontos de acesso de género

Área de controle da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. NOBRADE: norma brasileira de descrição arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2006.

Status da descrição

Final

nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

julho de 2018 (criação)

Fontes utilizadas na descrição

Alves, Guilardo Martins. “Cooperação técnico-científica entre o Brasil e a República Federal da Alemanha”. Cadernos Germano-Brasileiros, n. 3, 1983, 152-158.

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Entidades coletivas, pessoas ou famílias relacionadas

Géneros relacionados