Visualização de impressão Fechar

Mostrando 10 resultados

descrição arquivística
Elisa Oswaldo Cruz
Visualização de impressão Ver:

4 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Vida Familiar

Familiares de Oswaldo Cruz: seus pais, filhos e esposa.

Esposa e filhos de Oswaldo Cruz

Primeira fila: Hercília Oswaldo Cruz, dona Emília da Fonseca Cruz e Walter Oswaldo Cruz.
Segunda fila: Bento Oswaldo Cruz, Oswaldo Cruz Filho e Elisa Oswaldo Cruz.

Oswaldo Cruz ao lado de sua mulher, seu sogros e outros parentes

Da esquerda para a direita em pé: Ezequiel Dias (cunhado de Oswaldo Cruz), Emília da Fonseca Cruz (Miloca), Oswaldo Cruz e Batista da Costa (?). Sentados no banco: mãe de Miloca, Elisa Oswaldo Cruz (filha de Oswaldo Cruz), Comendador Fonseca (pai de Miloca), D. Amália (mãe de Oswaldo Cruz) e Bento Oswaldo Cruz (filho de Oswaldo Cruz). Sentados no chão: Sinharinha Candido de Andrade (irmã de Oswaldo Cruz), Miúça (irmã de Miloca, esposa de Ezequiel Dias), Yayá (irmã de Miloca) e Noemi (irmã de Oswaldo Cruz, esposa de Batista da Costa, pintor). Granja do Vidigal, Rio de Janeiro.

Correspondência Diversa com Familiares e Amigos

  • BR RJCOC OC-COR-PES-02
  • Dossiê
  • 05/04/1891 - 05/02/1917
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas e bilhetes enviados ao sogro, o comendador Manuel da Fonseca, aos cinco filhos, aos cunhados Ezequiel Dias e Miuça, ao amigo Egydio Salles Guerra e a João Batista da Costa, referentes principalmente aos seus períodos de viagem à Europa. Merece destaque o documento mais antigo em que seu pai, Bento Gonçalves Cruz, escreve ao comendador Fonseca pedindo a benção para a união de seus filhos Oswaldo e Emília.

XV Exposição de Demografia e Higiene

  • BR RJCOC OC-COR-PES-05
  • Dossiê
  • 04/08/1907-14/01/1908
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas e cartões enviados à esposa, Emília, e à filha Elisa por ocasião de sua viagem à Europa em 1907, quando representou o Brasil, através do Instituto de Manguinhos, na XIV Exposição de Demografia e Higiene de Berlim. Foi montado um estande sobre o combate às doenças tropicais, como febre amarela e malária, e o Brasil saiu laureado com o primeiro prêmio. Antes de voltar foi encarregado pelo barão do Rio Branco de representar o Brasil em dois eventos na América do Norte: em Washington entrevistou-se com o presidente Theodore Roosevelt a respeito das condições de saúde no porto do Rio de Janeiro, e no México, participou da Convenção Sanitária Latino-Americana. Aproveitou ainda para conhecer o Instituto de Pesquisas Médicas em Nova York, financiado pela família Rockefeller. As cartas mantidas com sua esposa, que acabara de dar à luz a quinta filha do casal, atestam a boa repercussão obtida pelo sucesso das campanhas sanitárias no Rio de Janeiro ao serem divulgadas naqueles eventos.

Exposição Internacional de Demografia de Dresden

  • BR RJCOC OC-COR-PES-07
  • Dossiê
  • 21/01 - 11/08/1911
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas e bilhetes enviados à esposa e filhos referentes, principalmente, ao período em que o titular esteve em várias cidades européias por conta da Exposição Internacional de Demografia e Higiene de Dresden.

Cartas trocadas entre a filha mais velha, Elisa, e a esposa, Miloca, iniciadas no período em que aquela acompanhou o titular durante a viagem à Europa indo até a data posterior ao seu falecimento

  • BR RJCOC OC-COR-PES-09
  • Dossiê
  • 24/04/1911-25/10/1922
  • Parte de Oswaldo Cruz

Na primeira parte, referente a viagem à Europa, descreve os pontos turísticos das cidades visitadas, revelando especial predileção pelas obras de arte em museus, além de comentar as homenagens recebidas pelo pai em Dresden. A segunda parte corresponde às cartas enviadas pela mãe às filhas quando a primeira estava em Petrópolis, referindo-se basicamente aos netos que estavam sob sua responsabilidade. A terceira parte deste conjunto diz respeito à sua ida a Belo Horizonte para visitar a irmã por ocasião do falecimento do cunhado, Ezequiel Dias.

Cartas de Elisa e de seu marido, Joaquim Vidal, enviadas ao titular após sua volta ao Brasil em 1915

  • BR RJCOC OC-COR-PES-12
  • Dossiê
  • 10/01-26/06/1915
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas de sua filha Elisa e de seu marido Joaquim Vidal, enviadas ao titular após sua volta ao Brasil, quando foi obrigado a deixar a família na Europa por temer uma viagem de navio no período turbulento da Primeira Guerra Mundial e teve que reassumir suas funções em Manguinhos. Dá notícias de todos os familiares, dos cursos de inglês que ela e a mãe faziam, da vida cultural da cidade e da especialização em oftalmologia que, por influência do titular, seu marido está fazendo.