Mostrando 54 resultados

descrição arquivística
Presidência Série
Visualização de impressão Ver:

Almoxarifado

  • BR RJCOC 01-30-05-42
  • Série
  • 1956 - 1957
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Almoxarifado.
Trata-se do projeto de “Modificação do Refeitório e Cozinha para almoxarifado”, realizado por Josélio Médici, da Divisão de Obras, do Ministério da Saúde, entre setembro e outubro de 1956.

Barracão da ICOPLAN

  • BR RJCOC 01-30-05-31
  • Série
  • 1972 - 1978
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes ao projeto de arquitetura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Barracão da Icoplan.
Projeto de barracão elaborado para abrigar o escritório técnico da Internacional de Consultoria e Planejamento S.A. (Icoplan), uma equipe de engenheiros e arquitetos formada após a extinção da Divisão de Obras do Ministério da Saúde na década de 1970.

Biotério de Aves

  • BR RJCOC 01-30-05-21
  • Série
  • 1947 - 1975
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Biotério de Aves.
Projeto elaborado pelo arquiteto Armando Mesquita, da Divisão de Obras do Ministério da Educação e Saúde, a edificação localizava-se ao lado do prédio conhecido atualmente como Pombal.

Biotério de Helmintologia

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Biotério de Helmintologia. A edificação é anexa ao Pavilhão Cardoso Fontes.

Biotério para Vitelos

  • BR RJCOC 01-30-05-25
  • Série
  • 1947 - 1948
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Biotério para Vitelos.
Não foi possível identificar maiores informações sobre o projeto ou construção.

Campus Fiocruz

  • BR RJCOC 01-30-05-49
  • Série
  • 1954 - 1988
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura, instalação e infraestrutura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Campus Fiocruz.
A série inclui projetos de urbanismo, de paisagismo, de instalações e de pequenas edificações de todo o campus Manguinhos da Fiocruz, sem particularizar uma edificação em especial

Canis e Gaiola de Macacos

  • BR RJCOC 01-30-05-02
  • Série
  • 1947 - 1948
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e instalação,
produzidas para a construção e/ou reforma/restauração dos Canis e Gaiola de Macacos.

A edificação foi projetada entre março de 1947 a junho de 1948, por Ernani Sampaio, da Divisão de Obras, do Ministério da Educação e Saúde.

Casa Amarela

  • BR RJCOC 01-30-05-06
  • Série
  • 1955 - 1987
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração da Casa Amarela.
A edificação foi projetada em 1922 pelo arquiteto Luiz Moraes Jr. para abrigar as atividades do antigo Instituto Vacínico ou Vacinogênico localizado no Catete e transferido para o campus de Manguinhos. Com a desativação de suas funções de Instituto Vacínico, passou a abrigar quartos para acomodação de visitantes e hoje é conhecido como Casa Amarela. Tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1981, faz parte do conjunto eclético do Núcleo Arquitetônico Histórico de Manguinhos (NAHM).

Cavalariça

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração da Cavalariça.
A edificação foi projetada entre 1903 e 1904 pelo arquiteto Luiz Moraes Jr. É tombada pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), fazendo parte do Núcleo Arquitetônico Histórico de Manguinhos (NAHM), e é também conhecida como Antiga Estrebaria.

CECAL

  • BR RJCOC 01-30-05-29
  • Série
  • 1966 - 1987
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Centro de Criação de Animais de Laboratórios (Cecal).
A edificação foi projetada pelo arquiteto Floroaldo Albano, da Divisão de Obras do Ministério da Saúde, e teve sua construção iniciada em 1966. O complexo que hoje abriga o Cecal era anteriormente conhecido como Biotério Central.

Cocheira Antiga

  • BR RJCOC 01-30-05-40
  • Série
  • 1948 - 1976
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração da Cocheira Antiga.
Esta Série se constitui de projetos de detalhamento de arquitetura e de instalação para adaptação de uso para oficinas do antigo edifício projetado e construído por Luiz Moraes Jr. em 1909 para abrigar o Biotério para isolamento de grandes animais. Tal prédio foi destruído na década de 1980, porém um trabalho de escavação arqueológica em 2010 revelou as fundações originais do pavilhão, localizado ao lado da atual sede do Museu da Vida.

Divisão de Higiene

Conjunto constituído por planta referente ao projeto de instalação, produzida para a construção e/ou reforma/restauração da Divisão de Higiene.
A planta constante desta Série refere-se ao projeto de instalação de telefones internos da Divisão de Higiene do IOC, sem informação sobre o local exato de seu funcionamento, nem da data da produção do documento

Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca

  • BR RJCOC 01-30-05-37
  • Série
  • 1964 - 1994
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP).
A edificação foi projetada pelos arquitetos Floroaldo Albano e Josélio Médici, da Divisão de Obras do Ministério da Saúde, e construída entre 1965 e 1966. A ENSP foi instalada aproveitando-se a estrutura já existente, que abrigaria um anexo do Hospital Torres Homem, que nunca foi construído.

Farmanguinhos

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração de Farmanguinhos.
A edificação foi projetada em 1965 e esta Série apresenta plantas de remodelação da década de 1970.

Garagem

  • BR RJCOC 01-30-05-43
  • Série
  • 1954 - 1979
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração da Garagem.
A edificação foi construída na década de 1950, logo após a abertura da AvenidaBrasil, que facilitou o acesso ao Instituto Oswaldo Cruz (IOC).

Ginásio da ASFOC

Conjunto constituído por planta referente ao projeto de arquitetura, produzida para a construção e/ou reforma/restauração do edifício/pavilhão Ginásio da Asfoc.
A edificação foi construída na década de 1980, como parte das instalações recreativas para a Associação de Servidores da Fundação Oswaldo Cruz (Asfoc).

INCQS

  • BR RJCOC 01-30-05-05
  • Série
  • 1977 - 1980
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).
A edificação foi projetada pelos arquitetos Ary Celso France e Salomão Tandeta, da empresa Internacional de Consultoria e Planejamento S.A. (Icoplan), e inaugurada em 1981.
O antigo Laboratório Central de Controle de Drogas, Medicamentos e Alimentos (LCCDMA), atual Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), foi transferido da estrutura da administração direta do Ministério da Saúde para o campus de Manguinhos em 1978.

Instituto de Endemias Rurais

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e estrutura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Instituto de Endemias Rurais (Ineru).
A edificação foi construída na década de 1950. Localizada em Jacarepaguá, fora do campus de Manguinhos, abrigou o Instituto Nacional de Endemias Rurais (Ineru) que foi incorporado à Fiocruz na década de 1970 para ser um posto avançado da instituição.

Instituto de Leprologia

  • BR RJCOC 01-30-05-18
  • Série
  • 1950 - 1967
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do pavilhão/edifício Instituto de Leprologia.
O primeiro pavilhão do Instituto de Leprologia foi construído entre 1949 e 1952.
Localizado em São Cristóvão, esse Instituto foi extinto em 1971 e suas atividades incorporadas à recém-criada Fundação Instituto Oswaldo Cruz. A série retrata o edifício principal que possui linhas modernistas.

Laboratório de Cultura de Tecidos

Conjunto constituído por plantas referentes ao projeto de arquitetura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Laboratório de Cultura de Tecidos.
A edificação foi projetada em 1972 pelos arquitetos Jorge de Azevedo Castro e Caio Nogueira, da Fiocruz, e é anexa ao Pavilhão Rockefeller.

Laboratório de Neurofisiologia do I.O.C.

Conjunto constituído por planta referente ao projeto de instalação produzido para a construção e/ou reforma/restauração do pavilhão/edifício do Laboratório de Neurofisiologia do IOC.
Projeto não executado.

Pavilhão Adolpho Lutz

Conjunto constituído por planta referente ao projeto de instalação, produzida para a construção e/ou reforma/restauração do Pavilhão Adolpho Lutz.
A edificação foi construída na década de 1950 e abriga laboratórios de estudos de esquistossomose.

Pavilhão Arthur Neiva

  • BR RJCOC 01-30-05-01
  • Série
  • 1950-1996
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Pavilhão Arthur Neiva.
A edificação foi projetada pelo arquiteto Jorge Ferreira, para a Divisão de Obras do Ministério da Educação e Saúde, e construída entre 1947 e 1951, durante as gestões de Henrique Aragão e de Olympio da Fonseca na diretoria do Instituto Oswaldo Cruz (IOC).
Desde 1998 o edifício está tombado pelo Instituto Estadual de Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro (Inepac) por constituir um significativo representante do modernismo arquitetônico carioca, fazendo parte do conjunto modernista do Núcleo Arquitetônico Histórico de Manguinhos (NAHM). É também conhecido como Pavilhão de Cursos.

Pavilhão Cardoso Fontes

  • BR RJCOC 01-30-05-20
  • Série
  • 1966 - 1996
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura e estrutura, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Pavilhão Cardoso Fontes.
A edificação foi projetada por arquitetos e engenheiros da Divisão de Obras do Ministério da Educação e Saúde, e construída em finais da década de 1930. Faz parte da geração de construções modernas realizadas no campus Manguinhos e é conhecida também como Pavilhão de Vírus, Pavilhão de Virologia e Laboratório de Esquistossomose.

Pavilhão Carlos Augusto da Silva

  • BR RJCOC 01-30-05-17
  • Série
  • 1948 - 1970
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do pavilhão Carlos Augusto da Silva.
A edificação foi projetada pelo arquiteto Jorge Ferreira e premiado na categoria Menção pelo júri da I Bienal de Arquitetura de São Paulo, em 1951. Foi tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural do Estado do Rio de Janeiro (Inepac) por suas qualidades arquitetônicas e representativas do Movimento Moderno Carioca, fazendo parte do conjunto modernista do Núcleo Arquitetônico Histórico de Manguinhos (NAHM). Também é conhecida como Refeitório Central

Pavilhão Carlos Chagas

  • BR RJCOC 01-30-05-16
  • Série
  • 1948 - 1996
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Pavilhão Carlos Chagas.
A edificação foi projetada em 1944 pela arquiteta Olenka Freire Greve, da Divisão de Obras, do Ministério da Educação e Saúde, e teve participação ativa do diretor do Instituto Oswaldo Cruz à época, dr. Henrique Aragão, que gostava de acompanhar o andamento das construções no campus de Manguinhos. Foi construída a partir de 1946 e inaugurada em 1951. Apresenta arquitetura funcional e sem arroubos estéticos, seguindo a moderna tipologia dos hospitais monoblocos verticais. Também é conhecida como Pavilhão da Patologia.

Pavilhão de Biologia

  • BR RJCOC 01-30-05-10
  • Série
  • 1947 - 1991
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Pavilhão de Biologia.
A edificação foi projetada pelo arquiteto J. O. Bonnard, da Divisão de Obras, do Ministério da Educação e Saúde, e inaugurada em 1947, durante a gestão de Henrique Aragão na direção do Instituto Oswaldo Cruz.

Pavilhão de Hanseníase

  • BR RJCOC 01-30-05-27
  • Série
  • 1986 - 1987
  • Parte de Presidência

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção do Pavilhão de Hanseníase.
Projeto não executado.

Pavilhão de Protozoologia

Conjunto constituído por plantas referentes aos projetos de arquitetura, estrutura e instalação, produzidas para a construção e/ou reforma/restauração do Pavilhão de Protozoologia.
A edificação foi construída na década de 1920, como residência para funcionários do Instituto Oswaldo Cruz, e posteriormente adaptada para abrigar o Ambulatório Souza Araújo.

Resultados 1 a 30 de 54